Sutil e romântica, cena de sexo gay em Liberdade, Liberdade! emociona

Sexo gay em Liberdade Liberdade
Sexo gay em Liberdade, Liberdade!

A aguardada cena de sexo gay em Liberdade, Liberdade enfim aconteceu nesta terça-feira (12). A sequência escrita e dirigida com primor marca a história da teledramaturgia brasileira com sutileza e romantismo.

Em poucos minutos, André (Caio Blat) e Tolentino (Ricardo Pereira) eternizaram a cena de amor entre dois homens, inédita em uma telenovela.

Nada pornográfica, a cena mostrou dois homens envolvidos muito mais pelo sentimento de amor do que pelo puro e simples prazer carnal.


A iluminação com contrastes tênues, sombra e o som ambiente fizeram o clima da cena ainda mais intimista. Em poucas palavras e muito mais com gestos e olhares, os dois personagens se entregaram um ao outro.

Eles se despiram lentamente, um olhando para o outro e depois se tocaram completamente nus. Os corpos suados e o carinho entre eles fez jus ao que prometeu o autor Mário Teixeira ao dizer que Não importa o sexo, o amor não conhece gênero.

Leia o diálogo que antecedeu à cena

Tolentino: Meu unico amigo é voce. Você,  André. Um homem sensivel. Consegue entender os mistérios da vida. As voltas que o mundo dá. As surpresas que a vida nos reserva.

André: As surpresas sobre nós mesmos

Tolentino: sim. Você mesmo disse um dia . Todos nós temos uma segunda natureza. Que às vezes permanece oculta

André: Mas não para sempre

A cena repercutiu de maneira positiva nas redes sociais e a #LiberdadeLiberdade liderou o trending topics no Twitter.

Entre os comentários muitos elogios aos atores, ao roteiro e a direção. “Os atores transmitiram com perfeição ansiedade, desejo, medo, entrega. Uma primeira vez como na vida real. Tensa. Bela”, comentou a novelista Letícia Dornelles.

“Lindíssima cena em Liberdade, Liberdade hoje. Parabéns a Caio Blat, Ricardo Pereira e todos os envolvidos”, celebrou Monica Iozzi.

“O capítulo já valeu a pena por esse dois lindos, cena linda, parabéns à todos os envolvidos”, afirmou Grazi Massafera.