Atena, personagem de Giovanna Antonelli em A Regra do Jogo está longe de ser uma nova Carminha


A novela A Regra do Jogo veio com a promessa de ser um mega-sucesso, uma nova Avenida Brasil, já que a trama de João Emanuel Carneiro foi um dos maiores sucessos exibidos no horário nobre da Globo nos 2000. O excesso de confiança do autor, direção, do elenco e da própria Globo acabaram prejudicando a novela,  assim imaginavam que A Regra do Jogo seria um grande sucesso, mas não está sendo.

As principais  vilãs do autor João Emanuel Carneiro são destaques nas novelas, todas têm algumas características em comum, são loiras, ambiciosas  e não medem esforços para se darem bem

Em 2004, o autor estreia sua primeira novela como titular, Da Cor do Pecado foi um grande sucesso no horário das sete, a novela bateu recordes de audiência na época, atingiu 40 pontos, a grande vilã da história era Bárbara, interpretada por Giovanna Antonelli.


Em 2006, o autor voltou com mais uma trama no horário das sete. Cobras & Lagartos, uma história leve e divertida, que trazia uma vilã bem cruel, Leona, interpretada por Carolina Dieckman. A novela  foi mais um sucesso do autor.

Em 2008, João Emanuel Carneiro foi promovido para o horário nobre, mas enfrentou seu primeiro fracasso. A novela era A Favorita, que teve sérios problemas de audiência nos primeiros meses, mas teve uma reformulação na história e acabou decolando, sendo um  sucesso. A grande vilã de A Favorita, era a Flora, vivida por Patrícia Pilar, que passava a história inteira querendo acabar com a heroína Donatela, interpretada por Cláudia Raia.

Em 2012 Avenida Brasil  foi o grande sucesso de João Emanuel Carneiro, a novela parou o Brasil, seus personagens são lembrados até hoje e a trama bateu recordes de audiência, atingindo picos de 50 pontos. O destaque da história era a vilã Carminha, interpretada por Adriana Esteves, que entrou para história das telenovelas como uma das  grandes vilãs. Carminha era malvada, fazia de tudo para se dar bem, era ambiciosa, mas também era divertida, o que fez  com que a vilã caísse nas graças do público. E alguns dos bordões de Carminha são lembrados até hoje, mesmo a novela ter saído do ar há 3 anos. “É  tudo culpa da Rita”, tornou-se um clássico bordão da vilã.

Em A Regra do Jogo, o autor não conseguiu emplacar sua novela, por diversos fatores. A vilã Atena, interpretada por Giovanna Antonelli, era a  grande expectativa da história de ser uma nova Carminha, mas a vilã não caiu nas graças do público. Embora, seja cedo, já que a novela está apenas há 3 meses no ar e muita coisa pode acontecer pela frente, mas até o presente momento é possível dizer que Atena não emplacou nem caiu nas graças do público, porém a personagem diante de tantos outros persongens apagados de A Regra do Jogo, Atena consegue sobressair aos demais. Quando falamos na novela, a primeira coisa que nos vem a cabeça é a persongem de Giovanna Antonelli. A atriz no início da história estava um pouco acima do tom da personagem, com alguns exageros, mas aos poucos foi encontrando o tom e atualmente está na medida certa.

Atena é uma vilã trambiqueira, mau-caráter, ambiciosa, faz de tudo para se dar bem, assim como Carminha de Avenida Brasil, tenta ser engraçada, mas no caso de Atena, a graça não está funcionando, suas frases engraçadas deixam a desejar.

Atena passa longe de ser uma nova Carminha, talvez a história policial, que é tema  central de A Regra do Jogo tenha contribuído para isso. Já que em Avenida Brasil, o tema central da  novela era a vingança de Nina com Carminha, o que tornava a trama bem mais interessante, já  que novelas que têm como tema a  vingaça, são atrativas para o público.