25 anos de Escolinha do Professor Raimundo: Humor para todas as gerações

Escolinha do Professor Raimundo Viva
Escolinha do Professor Raimundo

A Escolinha do Professor Raimundo marcou o humor brasileiro durante anos, com bordões e personagens que ficaram na memória de seu público. O programa começou no rádio, em 1952, e chegou à televisão cinco anos depois, na TV Rio. A atração chegou até as telinhas da Globo em 1973, com o Chico City, mas o formato atual, com aproximadamente 20 alunos em classe, começou no Chico Anysio Show, em 1982. Mais tarde, 1990, o programa se tornou autônomo. Em uma trajetória de idas e vindas, foi exibido até 2001.

Com uma crise de audiência no Vídeo Show, também da Rede Globo, a Escolinha do Professor Raimundo voltou a ser transmitida por 12 minutos diários, no final de 2014 e início de 2015. O retorno foi positivo. O Ibope registrou uma boa aceitação do público, através do humor leve e estereotipado. Apesar de ser uma antiguidade, trouxe de volta um “gostinho de quero mais” para os que já eram fãs e também para a nova geração.

Por celebrar 25 anos nesta segunda (23), o canal Viva apresentou uma edição especial, às 23h15. O programa terá cinco episódios exibidos no canal, além da transmissão aos domingos na Globo, com mais dois episódios inéditos. Bruno Mazzeo, filho de Chico Anysio, interpreta o personagem feito pelo pai, o saudoso professor Raimundo. Alguns dos outros nomes do elenco são: Marcius Melhem (Seu Boneco), Marcelo Adnet (Rolando Lero), Lucio Mauro Filho (Aldemar Vigário), Mateus Solano (Zé Bonitinho), Dani Calabresa (Catifunda), Marco Ricca (Pedro Pedreira), Marcos Caruso (Seu Peru), Fabiana Karla (Dona Cacilda), Otavio Muller (Baltazar da Rocha).


O clima de nostalgia tomou conta dos bastidores da Escolinha do Professor Raimundo e é uma grande reverência à geração de Chico Anysio. Para os jovens de hoje pode não fazer muito sentido, mas o toque de graça vem acompanhado de emoção e muita história ao longo desses anos. De qualquer maneira, o objetivo é alegrar os novos e velhos corações que acompanharem a Escolinha essa semana.

O Canal Viva, por sinal, está focado em projetos de reapresentações desses antigos talentos. Uma série de Cassinos do Chacrinha, com um elenco atual, está nos planos. Além disso, Sai de Baixo foi um dos “revivals” da emissora. O público pode ficar ligado e esperar novidades pela frente.