Favelas viram alvos de novelas da Globo


As favelas ou comunidades nunca estiveram tão presentes em novelas da Globo como estão atualmente. Três produções da emissora têm como núcleo principal as favelas. No horário das sete I love Paraisópolis, mostra o cotidino dos moradores de uma das maiores favelas do Brasil, a favela de Paraisópolis, ,localizada em São Paulo. A trama das sete é repleta de persongens típicos do local, porém mostrados  com muito humor. A protagonista da história, Marizete, é uma das moradoras do local.

Em Babilônia, novela das nove, mais uma vez a favela é um dos núcleos principais. O título da trama é o nome da fictícia favela da novela, sendo um favela do Rio de Janeiro. Regina, interpretada por Camila Pitanga, é uma moradora da favela do morro da Babilônia, boa parte da trama se passa no local. Ao contrátio de I love Paraisópolis, Babilônia, não enfoca tanto a favela, mostra os persongens do local de forma superficial.

A próxima trama das nove, A Regra do Jogo, antes chamaria Favela Chique, de João Emanuel Carneiro, terá como núcleo central mais uma vez uma favela do Rio de Janeiro. Na história Tony Ramos será Zé Maria chefe da favela que terá como esposa Suzana Vieira.


Em outras épocas não era comum ver produções da Globo abordando como tema as favelas. O núcleo rico nas suas novelas era a maior parte, hoje a emissora está mudando seu foco. Com o crescimento da calsse C, a emissora está tentando popularizar ainda mais suas produções, para que assim o público possa  se identificar com as histórias, ja que a emissora vem perdendo muita audiência ao longo  dos anos.