Novo Zorra faz rir com humor ácido e piadas do cotidiano


Confesso que não esperava grande coisa do novo Zorra, mas mordi a língua, o humorístico da Globo, agora renovado, estreou nesta sábado (09) e trouxe uma nova cara para o programa, que já estava muito ultrapassado, cansativo e monótono.

O novo Zorra, sob o comando do diretor Maurício Farias e o reforço do roteirista Marcius Melhem, ganhou agilidade, com esquetes rápidas, em média 3 minutos, com conteúdo crítico sobre situações do cotidiano.

Atual e antenado, o programa ganhou um gás impressionante, logo na abertura o Zorra esculhambou com o antigo Zorra Total, cutucou os críticos e debochou da concorrente, RedeTV!.


Em uma das falas do musical de abertura os atores cantaram que se o programa não der certo, tem duas alternativas, estar no “Olho da rua, ou na RedeTV!”.

Os humoristas que já estavam no antigo Zorra e permanecem no novo, entraram no clima e deram um show com piadas diretas e humor ácido. Abordaram de homem das cavernas, telemarketing a política e economia atual. Intercalar gravações em estúdio com externas também foi um acerto e tanto.

Do antigo Zorra, o que ficou foram os atores e a pegada musical, mas muito mais dinâmico e efervecente. O programa ficou tão eletrizante que passou rápido e no final deixou vontade de quero mais.

Dani Calabresa, uma das novas integrantes do elenco, veio para somar e mostrou que é um talento inquestionável. Versátil, circula por vários tipos de humor, seja como personagem, ou como ela mesma.

O único ponto desfavorável do programa foi a semelhança com o Tá no Ar, que também tem Maurício Farias e Marcius Melhem como responsáveis. Essa similaridade pode trazer um desgaste para ambas atrações, a diferença é que, enquanto o Tá no Ar faz piada com o mundo da televisão, o Zorra satiriza o cotidiano como um todo, um universo ilimitado de possibilidades.

Nas redes sociais a atração bombou e não se falava em outra coisa na noite deste sábado, no Twitter os termos ligados ao novo Zorra ficaram entre os mais comentados no Trending Topics.

A audiência também repsondeu e o novo Zorra aumentou os índices da Globo em 10% no horário, em comparação com a semana anterior.

O humorístico da emissora carioca, marcou segundo dados do ibope uma média de 19.6 pontos e chegou a picos de 22.5 pontos na Grande São Paulo e obteve ainda 33.7% de participação total em share.

No confronto direto a Rede Record ficou em segundo lugar com 7.5 pontos de média, o SBT ficou em terceiro lugar com 3.4 pontos de média e a Band apareceu em quarto lugar com 1.7 pontos de média e a Rede TV ficou com 1.5 de media.