Ter um celular nos dias de hoje não é só um artigo luxo. É pura necessidade por conta do trabalho, família, faculdade e uma série de compromissos que com a ajuda do aparelho tudo se torna muito mais fácil.

Pagamos caro para ter um aparelho que atenda todas as nossas necessidades como uma câmera de qualidade, quantidade maior de memória, entre outros recursos que a tecnologia faz questão de aprimorar ano após ano. Mas o que fazer quando, por descuido, o aparelho cai no chão, na água, risca e quebra?

Titular do Jornal Hoje, o apresentador Evaristo Costa se junto a sua colega de emissora, Angélica, e ensinou um velho truque: se o seu celular caiu na água, não se desespere. Coloque ele dentro de um saco de arroz por até dois dias. Será que volta ao normal? Angélica e Evaristo testaram.

“Celular na água, pode isso, Arnaldo? Bom… agora já era. Está no arroz para secar. PS.: estava indo fotografar raias”, postou Evaristo durante férias em Fernando de Noronha.

Evaristo deixou o celular cair na água (Reprodução Instagram)

Já a apresentadora do Estrelas não só deu a dica como provou que colocou mesmo o aparelho dentro do saco de arroz:

Angélica usou o truque do saco de arroz para salvar seu aparelho (Reprodução/Instagram)

Com a crise, muitos consumidores têm preferido consertar o celular quando este quebra ou começa a falhar do que comprar um novo, visto que o custo, em média, para o conserto é de R$ 250,00. De acordo com a Strategy Analytics, a venda de smartphones caiu 3% no mundo todo apenas no primeiro trimestre de 2016.

Em contrapartida, muitas empresas estão ganhando o mercado com isso. Uma delas é a Conserta Smart, rede de franquias de assistência técnica de smartphones e tablets, que registra cerca de 800 serviços diários em suas 205 unidades. A empresa fez um estudo listando três principais demandas de serviços neste ano:
– Troca de tela (30%)
– Problemas ao ligar (13,4%)
– Problemas de software (6,8%)
Como a grana anda curta, os gastos precisam ser controlados e o jeito mesmo é consertar o celular com uma empresa especialista no serviço. Comprar outro aparelho? Quem sabe…
Confira algumas dicas de como cuidar mais do seu amigão!
Ao guardar o celular na bolsa ou carteira, evite que ele se  misture com outros objetos para não arranhar;
Coloque uma película e uma capinha para evitar danos em caso de queda;
Não sobrecarregue a memória do aparelho. Deixei uma reserva para evitar que ele fique lento;
Manter o aparelho sempre limpo ajuda a evitar danos aos equipamentos e até mesmo se pintar uma oportunidade de vendê-lo.
Leandro Lel LimaPor Leandro Lel Lima: Paulistano, libriano, formado em jornalismo pela Estácio de Sá. Escreve sobre TV, cinema, teatro e comportamento. Já passou por sites especializados em TV e foi comentarista de cultura da Rede Família de TV (Grupo Record).
facebook.com/leandrolellima
twitter.com/Leandro_LelLima

lellimacomunicacao@gmail.com
lellima@observatoriodatelevisao.com.br