Jayme Matarazzo fala da reta final de Sete Vidas

Jayme Matarazzo

Jayme Matarazzo, que está no ar em Sete Vidas, conversou com o Observatório da Televisão e revelou que sonha em se tornar pai.

“Sou um cara realmente família e apaixonado por crianças. Espero que eu seja pai no momento certo”, relatou o interprete de Pedro, da trama de Lícia Manzo.

Confira o papo exclusivo:


Reta final de Sete Vidas

“Estou impressionado com a repercussão desse casal. Todo mundo torce pelos dois. Essa história é muito bacana. Como a vida dá voltas! A vida deu uma rasteira nele. Mas, tenho certeza que ele vai se encontrar. Entretanto, até o momento ele está perdido. Esse casal tem um brilho enorme quando estão juntos. Acho que em breve eles vão conversar e se acertar. A minha torcida é que o Pedro (Jayme Matarazzo) e a Júlia (Isabelle Drummond) terminem juntos. Esse casal é bonito, pois quando eles se encontram, não conseguem esconder um do outro a paixão que sentem. Sempre quando eles se esbarram, os olhos brilham. Acho que o Pedro merece ser feliz. Ele é um personagem que querendo acertar, acabou errando muito. Tomara que a vida dê uma chance para ele corrigir os erros”.

Texto

“A imparcialidade do texto me encanta. Lícia Manzo mostra os dois lados da moeda em sua escrita. Ela consegue fazer um equilíbrio muito bom de todos os seus personagens. Em minha opinião, ‘Sete Vidas’ é uma novela naturalista”.

Reencontro com o pai

“A minha história aqui dentro da emissora foi sempre ao acaso. Que bom que surgiram bons convites. Eu sempre tentei abraçar todas as oportunidades. Me dediquei de igual a todos os meus personagens. Quem bom que a vida colocou eu e meu pai mais uma vez juntos em um projeto. Esse produto é muito importante para os dois. Estamos num momento profissional parecido. De verdade, é só alegria de participar de um projeto ao lado do meu pai. Admiro muito o diretor que ele é. Sou completamente fã dele. Aprendo demais vendo o trabalhar. O resultado do sucesso de ‘Sete Vidas’ é de toda a equipe que se dedica de corpo e alma”.

Férias?

“Sempre quando uma novela está perto do fim vem essa pergunta. Eu sempre falo que preciso descansar. Mas, sempre um projeto surge e eu acabo aceitando. E, deixando a férias de lado. Passei cinco anos emendando trabalhos. Parece que agora estou fechando um ciclo. Acho que agora é o começo de minha carreira. Mesmo sendo o fechamento de uma jornada. Mas, é o começo. Estou à disposição da emissora. Quero muito trabalhar! Sou movido a desafios e estou aberto a novos personagens. Sou um cara que vim do nada e estou ai. Na minha vida, não programo nada. Costumo dizer que todos os meus personagens me escolheu”.

Regina Duarte

“Estou adorando atuar ao lado da incrível Regina Duarte. Ela é gigante! Realmente, ela é a nossa maior dama. Ela é de uma generosidade gigantesca. Ela ajuda muito os novatos e, isso acaba sendo incrível. É um prazer atuar ao lado dela”.

Uma novela inesquecível

“Uma novela que eu acompanhei pra valer foi ‘Vamp’ (1991). Essa novela pegou o Brasil todo. Não perdia um capitulo. Outra novela que me apaixonei foi ‘Terra Nostra’ (1999). Sou descendente de italiano. E, ver a história dessa saga dos italianos vindo para cá, foi inesquecível. Essa trama me marcou muito também”.

Papai

“Estamos trabalhando para isso. Uma pessoa certa e incrível eu já achei. Sou um cara realmente família e apaixonado por crianças. Espero que eu seja pai no momento certo”.

Câncer do pai

“A descoberta da doença do meu pai foi um momento difícil e fez com que todos nós refletimos sobre a vida. Esse processo que ele passou foi importante para todos. Foi difícil, complicado e muito bem vencido. Esse susto foi bom para todos nós se cuidar mais, se amar mais. Esse problema fortaleceu a todos! É isso”.

André RomanoPor André Romano
Contato: andreromanoo@gmail.com
Facebook: www.facebook.com/andre.romano.524
Twitter: twitter.com/romanoandre