James Akel | Os mistérios do dinheiro da TV Bandeirantes


Logo-Band

O colunista Flávio Ricco revelou em sua coluna que a TV Bandeirantes tem recebimentos de 200 milhões de locação de horários a Igrejas. Isto é um recebimento líquido por ser sem custo pra emissora que recebe o programa gravado e manda pra tela. Entre outros pequenos horários alugados no fim de semana.

Mas apenas os 200 milhões ano limpos já seriam um excelente rendimento pra uma emissora do porte da TV Bandeirantes que está bem abaixo no ibope da TV Record e SBT.


Então vamos colocar que os números revelados demonstram que o enxugamento feito de maneira radical na área artística e de jornalismo demonstra sim além de um planejamento estranho, bem lembrado por Flávio Ricco, também uma péssima administração de artístico e programação comandada pelo argentino Diego Guebel.

As atitudes de João Saad Filho que é presidente da TV Bandeirantes foram uma constatação de insucesso da administração de Guebel neste tempo todo.

Afinal foi todo planejamento de programação e conteúdo de programas que foram apresentados em fevereiro por Guebel que João Saad Filho excluiu neste mês passado.

Fica a pergunta que é o que Guebel continua fazendo dentro da TV Bandeirantes depois que João Saad Filho jogou fora todo planejamento de Guebel.

Isto é igual a um clube onde o presidente decide acabar com o time de futebol e manter o técnico.

Por James Akel
www.facebook.com/jamesakel

*As opiniões expressas nesta coluna são de total responsabilidade de seu idealizador.