Noveleira sim, e daí? | Final de Império e mais….


Peraê, Peraê! Antes de reclamar do fim de Império, eu tenho uma explicação a fazer aos que estavam se perguntando como o bundão do Zé Pedro poderia ser o verdadeiro Fabrício Melgaço: Alguém já viu alguma lata de Coca Cola com o nome Maurílio? Com o nome Silviano? Josué? Maria Isís? Maria Joaquina? Não né? Então gente, tinha que ser o Zé Pedro. Foi a única maneira de incluir o “merchan” da Coca Cola na novela com coerência.

Alguém se lembra que no começo da novela o Zé Pedro quase teve um “treco” ao atropelar e matar uma pessoa e queria se entregar a polícia? Quando ele virou um cara violento? Eu perdi essa parte? Mas uma perguntinha, please, alguém me responde? Quem trancou o Zé Pedro na sauna se ele era o vilão? Como ele se trancou se a tranca era do lado de fora? (kkkkk não consigo deixar de rir ao lembrar).


E a Maria Clara que deu um “pulinho” em Berlim e já voltou? Vou para Berlim, logo ali, e já volto.

E a cena na Fábrica abandonada? Antes de seguir quero fazer um comentário a parte:

Adorei quando o comendador saiu do carro e disse algo assim: “Deve ser essa a Fábrica porque a luz está acessa. E se não for, pelo menos a gente apaga”. Ri! Ri alto! Foi divertido. A novela não vai fazer falta, mas o comendador (suspiros de saudades), AAAAAAA esse vai!!!!

Quem contou quantas armas estavam envolvidas na cena da morte do Zé Alfredo? Se eu não estiver errada eram 7. Ficaram cinco no chão depois da morte do Zé mais temos que contabilizar ainda as armas do Maurílio e a do Josué! CSI agora?

Fiquei confusa com tanta arma e o Zé Pedro também, né? A Christina tira a arma da mão dele para ele não se matar, e com tantas opções no chão ele decide ficar sentando olhando. É isso mesmo? Ficou na dúvida o moço? Não sabia qual “ornava” mais com a situação?

E o que foi aquele bilhete com uma fala da Cora que o comendador encontrou no casa do Silviano? Não foi no último capítulo, mas achei que iria ter alguma explicação. “Curuzes” será que perdi alguma coisa?

E os muitos personagens que sumiram? Poxa Agnaldo, fiquei curiosa. Contapánois o que aconteceu com a Danielle? O que aconteceu com o sobrinho da Christina? O que aconteceu com a empregada da Ísis? Ai, “queeerido”,acho que nunca usei tanto ponto de interrogação num texto só.

Não vou nem comentar a morte, ou não, do comendador, porque fiquei chateada. Eu, e toda a população feminina. Odiamos!!!!

E o Agnaldo Silva que decidiu aparecer no último capítulo? Obrigando o Paulo Betti a dizer que ele tem uma cútis de pêssego! Foi UÓ!

Gente, não vai ter como, o texto de hoje terá que ser longo. Ainda quero falar do que eu achei que valeu a pena, do que eu não gostei, e das dúvidas que ficaram sobre Império. Quem quiser parar por aqui, tudo bem, eu perdôo. Mas só dessa vez heim? Senão eu jogo uma praga e na sua televisão só vai pegar o canal Viva na reprise da novela Terra Nostra (quem lembra? Kkkk)

Valeu a pena:

O Alexandre Nero

O Alexandre Nero

O Alexandre Nero

E eu poderia escrever isso mais umas mil vezes. Para as “culegas” que acham que não vão conseguir ficar uma novela inteira sem ele #ficaadica: sigam @alexandrenero no insta.

Mas vale destacar como “Valeu a pena” a Vivi Araújo, a personagem Lorreine, a Xana (que perdeu a sua proposta central mas foi divertida) e o amor sincero da Maria Marta pelo Zé Alfredo (o que foi aquele beijo no casamento da Maria Clara, ops,Christina?)

Não gostei

Paulo Betti, apesar de ser engraçado foi forçado demais. Não gostei do personagem Cláudio (uma hora super preocupado com o armário e em outras super tranquilo com o assunto). Achei a interpretação do Carmo Dalla Vecchia terrível. E não é segredo para ninguém que eu achei a Isis e a Christina umas chatas.

Dúvidas

Como um diamante se quebra?

Por que a Cora passava “xixi de jacaré” no rosto para ficar mais jovem?

Por que a polícia da novela é tão ruim?

Porque a Maria Clara resolveu casar com o Vicente com o mesmo vestido da primeira tentativa fracassada? Gente, tinha uma piscina de dinheiro para comprar outro!

Por que no dia seguinte ao casamento o Vicente resolveu empinar pipa?

Por que o Maurílio estava no Monte no dia que a Maria Marta foi para lá?

Como o João Lucas chegou antes das mulheres ao Monte se ele saiu depois?

Se eu continuar meu texto vai ter mais páginas do que armas na cena da Morte do Zé Alfredo. Então vou parar por aqui!!

Que venha Babilônia!!!!!

Por Geovana Capovilla
www.facebook.com/geovana.capovilla