James Akel: TV Cultura continua com péssima estratégia

tvcultura

A TV Cultura a cada dia que passa continua sem estratégia de programação e jogando fora excelentes horários da emissora. O atual presidente Marcos Mendonça deu poder total pra um amigo seu Mario ( não me lembro o sobrenome) que se posta igual Boni comandando todo time. Claro que falta o talento de Boni.

Mas Mário da TV Cultura atuava mesmo em TV Legislativa o que demonstra sua nenhuma preocupação com o ibope. E mesmo depois do trabalho do Mário da TV Cultura o ibope continua igual.

Difícil saber quem é pior no ramo de TV aberta, se o Mário da TV Cultura ou o Diego Guebel da TV Bandeirantes, outro que se acha sucessor de Boni e mantém um péssimo ibope na TV Bandeirantes agora.


No caso da TV Bandeirantes o problema é do dono que tem que pagar a conta. No caso da TV Cultura o problema é dos cofres públicos que tem que cobrir a conta.

Sem ibope e com prejuízo o certo seria acabar com a TV Cultura. Se nem tem ibope bom é porque o povo pouco se interessa. A existência da TV Cultura deixou de existir na necessidade de oferecer algo cultural ao povo.

Temos tanta tv a cabo com conteúdo bom que a TV Cultura não tem mais razão de ser se não tiver ibope bom. Não ter ibope bom é a rejeição do povo pela emissora. Se não tem interesse social pelo povo é melhor deixar de dar prejuízo aos cofres públicos.

Marcos Mendonça, presidente da TV Cultura e Mario da TV Cultura deveriam se dar as mãos e ir passear ali perto na Água Branca e deixar pra trás esta triste administração da emissora. A TV Cultura não tem mais razão de existir.

Por James Akel
www.facebook.com/jamesakel

*As opiniões expressas nesta coluna são de total responsabilidade de seu idealizador.