Familia Marinho

O jornalista Carlos Newton deve publicar na semana uma verdadeira bomba contra a família Marinho. A publicação vai ser feita no site Tribuna e vai mostrar documentos que Carlos disse ter recebido sobre a famosa compra da TV Paulista feita pelo Roberto Marinho nos anos 60.

Carlos antecipa que a compra tem todos os elementos de uma fraude e que ele vai detalhar na semana, incluindo um parecer contra a compra feito por autoridades atuais. Carlos alega ter documentos oficiais que vai mostrar.


Sem a compra da TV Paulista Roberto Marinho não teria montado a rede durante o regime militar. A compra na verdade não foi feita diretamente por Roberto Marinho.

Primeiro a TV Paulista foi comprada por dois senhores, já falecidos, amigos pessoais de Roberto Marinho. Um era deputado federal, que depois ficou com uma emissora em Campinas. O outro ficou todo o tempo sendo assessor de Roberto Marinho até o fim. Estes dois senhores é que revenderam a TV Paulista a Roberto Marinho.

A família Marinho pode até alegar compra de boa fé mas os documentos parecem mostrar que a compra original foi ilícita.

Tudo deve ser mostrado na semana por Carlos Newton que alega estar de posse de documentos oficiais que mostrariam fraudes e que até existe um parecer do Ministério das Comunicações afirmando que os documentos da compra da TV Paulista foram fraudados.

Caso tudo se confirme estaremos diante do fim do império romano de uma emissora.

O mercado da comunicação não tem como absorver toda estrutura da TV Globo caso um fato real aconteça e ela deixe de ser a rede com sede em Sâo Paulo porque metade da renda da rede vem desta cidade.

Por James Akel