Ana-Hickmann_César-Filho_Renata-Alves_Hoje-em-Dia_2015

Quando a gente pinta uma parede a cor da parede vai ser igual a cor da tinta da lata de tinta. Quando eu escrevi aqui com grande distância de tempo que o programa de César Filho na TV Record não tinha jeito de ser sucesso, eu nem estava desejando mal e nem estava adivinhando nada.

Estava apenas dizendo qual seria a cor da parede que ia ser pintada vendo antes a cor da lata de tinta. Se o programa Hoje em Dia estava ruim, não bastava trocar os apresentadores porque iria continuar ruim.


Aliás a troca de apresentadores com o mesmo conteúdo apenas piora o programa que já tinha um público acostumado com aqueles apresentadores. Isto é o mínimo que qualquer direção de arte de emissora deveria saber. Mas a direção de arte da TV Record não sabia.

Tratam o entretenimento da TV Record de maneira primária e o que se vê é o péssimo resultado de ibope. Tiraram o César Filho do SBT pra desgastá-lo na TV Record.

Já tinham tirado antes o Gugu pra desgastá-lo na TV Record. Querem tirar a Xuxa da TV Globo pra desgastá-la na TV Record.

A direção de arte da TV Record tem o dom de não saber seu ofício e faz o que faz de maneira triste. Tem dinheiro, tem estúdio de boa categoria, tem excelentes funcionários da área técnica e público que espera um bom programa. Mas conseguem acabar com tudo pela péssima direção de arte da emissora.

Por James Akel