Coluna do Dadá | Globo põe concorrência em jejum de ibope

Globo
Globo (Divulgação)

Olha, agora a gente até entende o Edir Macedo, em versão messias, barbudo, pedindo jejum televisivo durante a Copa. Ele já sabia que a Globo ia humilhar tanto que seria melhor entrar em estado meditativo, pois, se raciocinar, o bicho pega. Aceita que dói menos.

Se na abertura da Copa a Record empatou com a Cultura, com 1 ponto, no arredondamento,  nos outros jogos a coisa não foi tão feia, mas o que já era baixo caiu ainda mais.

A coisa para o SBT não anda lá uma maravilha, mas como tem um monte de enlatado mexicano, o prejuízo é menor.


Quem pode se queixar menos é a Band, que chegou a ficar em segundo lugar, ao transmitir o jogo do Brasil. Isso, em dias normais, seria considerado um milagre.

Datenão narrando jogo na Band parecia um bálsamo perto dos globais.  Só vou dizer isso.

Britto Jr.

A galinha

O que era Britto Jr e Ana Hickmann com uma galinha no palco, comendo milho, tentando fazer com que o bicho acertasse o resultado do jogo de estreia do Brasil na Copa? Errou. Até a Ticizinha, meiga, que não tem lá muita noção, estava com vergonha alheia. Deve ter sido ideia do Vildomarzinho, que desde que brigou com Britto e se mandou para o Hoje em Dia, jurou vingança.

Vildomar, lindinho, aliás, muda de casaca como mágico de circo. Se antes tentou derrubar Chris Flores pra enfiar Ana Hickmann no lugar dela, no programa da manhã, agora faz o jogo inverso: a mira é contra o Programa da Tarde. Só vou dizer isso. Logo sai um coelho dessa cartola.

Patrícia Poeta Galvão Bueno

Olha pra frente

Quem não está dando uma bola dentro é Patrícia Poeta. Depois de ter sido flagrada fazendo exercício de fono no ar, agora ela deu pra ficar olhando para baixo, para o monitor, enquanto Galvão Bueno fala. Querida, olha pra frente.  A continuar assim, a chata da Sandra Annenberg é capaz de entrar em campo para “driblar” a colega no primeiro minuto do primeiro tempo. Essa vira até freira se precisar. E ainda vai chorar no Faustão…

Jornal da Record

Record sai do jejum e se rende à Copa

Nossa, quase caí pra trás ao assistir ao Jornal da Record pós-abertura da Copa. Para uma emissora que estava “boicotando” o evento, o noticiário criou juízo comercial e dedicou metade de seu tempo para louvar a seleção, muito positivamente. Fez bem.

Eu falo, quando tocam na conta bancária, todo mundo cria juízo. Nos intervalos, ainda tiveram de engolir a linguiça Seara da Fátima Bernardes. Ui. Por que, você não aguentaria? Então pronto.

Mas e o jejum que o Macedo tinha mandado fazer durante a copa? Ah tá. Dizem que quando o Macedão tirar aquela barba não vai ficar pedra sobre pedra. Ai que medo. Deixa o templo do Salomão ficar pronto…

Coluna do Dadá

*As opiniões expressas nesta coluna são de total responsabilidade de seu idealizador.