Juliana Paiva é Marocas na novela O Tempo Não Para
Juliana Paiva é Marocas na novela O Tempo Não Para (Divulgação/TV Globo)

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Marocas (Juliana Paiva) não deixará barato em relação ao roubo de seus desenhos por Zelda (Adriane Galisteu). A congelada irá a casa de Betina (Cleo), onde Zelda está vivendo provisoriamente, e pegará as suas criações. Já que foi ela que desenhou os vestidos e Zelda roubou os seus croquis. “A senhorita deveria dar graças a Deus por eu não ter chamado a polícia… Soube que já foi posta a ferros uma vez, por utilizar trabalho escravo”, dirá dobrando os vestidos. Zelda ficará desesperada. “Não leva esses vestidos, pelo amor de Deus… Sem as peças piloto, a minha coleção vai por água abaixo… Eu vou por água abaixo!”, implorará a estilista. “Pensasse em todos esses afogamentos antes de se apropriar do meu trabalho”, sentenciará a jovem do século retrasado.

Leia: O Tempo Não Para: Após confrontar Marocas, o passado de Cairu vem a tona

Choro de Zelda em O Tempo Não Para

Igor (Leo Bahia) aparecerá e tentará amenizar o estrago. Mas Marocas não devolverá as peças. “Marocas?… Aonde cê vai com os vestidos da Zelda?”, perguntará o assistente da estilista 171. “Senhor Igor, eu sinto informar que a sua chefe é uma embusteira. As peças que ela mentiu ter criado são de minha autoria”, responderá Maria Marcolina. Igor dirá para a jovem que Zelda se inspirou nos desenhos. Mas Marocas não deixará barato, já que Zelda goza de uma boa saúde, e tem capacidade de criar uma coleção sozinha. “Ela não é manca, senhor Igor… Goza de plena saúde… Apesar dos trejeitos e do linguajar questionável, é perfeitamente capaz de trabalhar como qualquer cidadã desta época… Se recorre às vias ilícitas, não é por falta de oportunidades, mas sim por escolha própria… Que arque com as consequências!”, finalizará a jovem, levando as peças desenhadas por ela. Zelda ficará devastado.

Leia: O Tempo Não Para: Cairu rasga o vestido criado por Zelda: “ A sinhazinha é mesmo topetuda”

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.