Betina (Cleo) em O Tempo Não Para
Betina (Cleo) em O Tempo Não Para (Reprodução/TV Globo).

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Betina (Cleo) irá propor uma parceria com Samuca (Nicolas Prattes) e Marocas (Juliana Paiva), após ser passada para trás por Emílio (João Baldasserini).

Leia: O Tempo Não Para: Emílio não deixa Marocas sair da Samvita com as suas ‘criações’

“Peço que você me escute, Samuca… Eu já pensei em tudo… Com a minha participação acionária, nós podemos pleitear a sua volta à presidência… Os acionistas não vão querer se meter numa disputa pela Miudeza, que é uma marca menor, quando o que está em jogo é o controle e a estabilidade da Samvita. E então, Marocas… Samuca… Pelo bem da Miudeza… Vamos fazer uma aliança?”, relatará Betina. “Como as criações da Marocas são a alma da Miudeza, quem tem que decidir se aceita ou não a sua proposta é ela”, responderá Samuel.

Aliança aceita…

Marocas mostrará para Betina que é uma mulher evoluída e aceitará a proposta da rival para reaver as suas criações. “Betina, você já nos deu diversas provas de que costuma se deixar levar pelas oscilações de humor. Nada que eu não queira, com toda certeza… Sei disso, Samuca… Estou fazendo o que a minha razão determina, como sempre fiz… Eu mesma também estou passando por um momento muito delicado… Diante das circunstâncias, o melhor a fazer é nos mantermos serenos, e produtivos… E se a nossa união favorece um objetivo comum, eu… Aceito a aliança com Betina!”, sentenciará Marocas.

Carmen (Christiane Torloni) ficará surpresa com a nova aliança. “Você é mesmo uma mulher surpreendente, Marocas”, confessará a mãe de Samuel. “Bom, se o acordo tá fechado… Agora é seguir adiante e tentar recuperar a marca Miudeza e as patentes da Marocas”, finalizará Samuca. “Tentar, não… Conseguir!”, acrescentará Maria Marcolina. Todos ficarão felizes com a nova parceria.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.