Sophia (Marieta Severo) e Mariano (Juliano Cazarre) de O Outro Lado do Paraiso
Sophia (Marieta Severo) e Mariano (Juliano Cazarré) de O Outro Lado do Paraíso (Divulgação/TV Globo)

Em breve, Sophia (Marieta Severo) vai fazer mais uma vítima em O Outro Lado do Paraíso. Cansado de ter a vilã no seu pé, Mariano (Juliano Cazarré) vai descobrir os podres dela e ameaçá-la. Só que a mãe de Gael (Sérgio Guizé) vai matá-lo a tesouradas, como já está acostumada a fazer. Zé Victor (Rafael Losso) vai chegar na hora e a megera vai obrigá-lo a ajudar a esconder o corpo. O que os dois nem imaginam é que Xodó (Anderson Tomazzini) vai ver tudo de longe.

Tudo começa quando Mariano pressiona Caetana (Laura Cardoso) para contar o segredo da vilã. A velha tenta enrolar o garimpeiro, que não desiste. Com a ajuda de Johnny (Bruno Montaleone) e Maíra (Juliane Araújo), ele vai conseguir ter uma conversa com Caetana. “A Sophia, que enricou e hoje é a rainha, já trabalhou comigo… Depois foi pra longe, arrumou marido com grana e ficou milionária”, conta. “A senhora deve saber os podres dela”, provoca o homem. “Tem muitos. Mas o pior é que ela tinha um caso com um home casado. Agenor. Ela queria o dinheiro dele, ele tinha a mulher, era uma confusão”, lembra.

Mariano vai dizer que conhece muito bem o jeito da vilã. “Se queria algum homem, ainda mais por dinheiro, devia fazer de tudo pra ficar com ele”, diz. “O tal de Agenor morreu… E eu que sou burra, ajudei a ingrata a fugir da polícia. Menti que ela tava comigo no dia que ele morreu. Mas nem tem importância, faz tanto tempo que já não vão me prender nem ela”, lamenta.


Os dois vão continuar conversando e vão chegar à conclusão que a vilã é responsável pelas últimas mortes em Pedra Santa. “O Laerte (Raphael Vianna) morreu a tesourada. A Vanessa (Fernanda Nizzato) também. Esse aí que chamavam de Rato (César Ferrário) foi o terceiro. O Agenor, que morreu lá no passado, também era um homem grande”, lembra Caetana.

Beth surta, quebra todas as garrafas e diz que vai parar de beber em O Outro Lado do Paraíso

Mesmo sabendo do que Sophia é capaz, Mariano vai usar a informação para chantagear a vilã e vai se dar mal. No garimpo, ele coloca a megera contra a parede. “Faz tanto tempo, mas eu descobri. Cê matou esse homem na tesourada. Teu passado taí, Sophia. Matou o Laerte também. Tesourada, igual o Agenor. E bota na conta a coitada da Vanessa. E o Rato. Não sei como lidou com o Rato que era enorme. Mas matou. Não tenta dizer que não, Sophia. Se disser que não fez nada disso, saio daqui e conto pra polícia. Vai ter que explicar tudo pra eles”, ameaça.

Sophia vai se assustar. “Deixe a polícia fora disso”, diz. “É como eu pensava. Eu vendo meu silêncio… Cê arruma uma casa em Pedra Santa e me deixa morar com a Lívia (Grazi Massafera) e o menino! Nós três, que eu crio ele como pai. Dá uma grana, pra eu montar um negócio, não quero mais trabalhar aqui. Não sou homem pra ouvir ordem de um sujeitinho nojento como o Zé Victor! Deixa nós em paz. E eu te deixo em paz, Sophia”.

Sophia vai explicar como praticou cada crime e Mariano vai dizer que agora ele a tem nas mãos. Ela vai concordar e vai dar o bote. “Mariano, estamos de acordo. Me dói. Mas eu repito mais uma vez: você venceu. Vamos nos despedir como amigos. Ou melhor, como um casal que um dia se gostou. Me dá um abraço… Um abraço, Mariano. Terminamos com carinho… Melhor ainda. Eu quero sentir tua boca, teus braços mais uma vez”, despista. Quando Mariano a abraça, a vilã tira a tesoura da bolsa e enfia o objeto nele. Assustado, o garimpeiro se afasta e ela desfere mais uma tesourada na barriga.

Nesse momento, Zé Victor entra no alojamento. “Zé Victor…”, se assusta a vilã. “Não tem que explicar, dona Sophia. Eu vi quando deu as tesourada. Nem tentei salvar pra não morrer também. A senhora tá ferrada”, diz. Sophia vai se fazer de vítima e dizer que foi trocada pela filha adotiva até convencer o empregado a ajudá-la a enterrar o corpo. “Matei o Mariano. Deus sabe que nunca pensei em matar, justamente esse homem que…que eu amava. Mas matei. Me ajuda a sumir com o corpo”, pede.

Zé Victor vai pedir dinheiro para guardar o segredo. “Eu quero grana”, exige. “Vai ter. Pega um lençol. Vamos enrolar o corpo do Mariano”, ordena. “E a gente faz o que com ele?”, quer saber. “Eu estou de carro. Você é forte. Carrega pedra, consegue carregar o corpo também”, diz. Antes de enrolar o corpo, a vilã tira o brinco da vítima e diz que vai guardar de lembrança. Depois, os dois vão levar o morto para o carro. Da administração, Xodó vê toda a movimentação e vai sair do local chocado sem saber o que fazer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui