Vinícius (Flávio Tolezani) de O Outro Lado do Paraíso
Vinícius (Flávio Tolezani) de O Outro Lado do Paraíso (Divulgação/TV Globo)

Em O Outro Lado do Paraíso, ao contrário do que todos acreditam, a morte de Vinicius (Flávio Tolezani) não aconteceu somente devido aos presos exercerem baixa tolerância contra estupradores na cadeia. Nos próximos capítulos da trama de Walcyr Carrasco será revelado que Sophia (Marieta Severo) é a verdadeira mandante do crime, e receberá o diretor do presídio em sua casa para lhe pagar pelo serviço.

“Os outros cinquenta por cento. É bastante dinheiro”, dirá ela ao entregar ao homem uma mala de dinheiro. Ele por sua vez, dirá que aquela quantia não é tão alta já que ele precisará dividi-la com os policiais que se afastaram para que o ex-delegado pudesse ser assassinado”.

Leia também: História de Johnny e Mariano em O Outro Lado do Paraíso, já foi contada em antigo folhetim da Record

Sophia então justificará o motivo de ter comprado a morte de Vinicius: “Ele me ameaçou. Não que houvesse provas contra mim. Mas uma mulher como eu não pode correr o risco de ter o nome manchado. Ainda mais por um delegado pedófilo, sem escrúpulos. De qualquer forma, um criminoso como ele não merecia viver”, “Não se preocupe. Estupradores são assassinados na prisão. É uma lei não escrita entre os prisioneiros. No caso, só́ apressamos as coisas”, diz o homem.

“Talvez até́ tenha sido melhor para ele. Podia até́ ser torturado. Que Deus o tenha. E tudo isso fica entre nós”, diz Sophia para o homem que afirma ser discreto nesse tipo de serviço para não perder seu cargo. Mas o que a vilã não percebe é que está sendo ouvida por seu filho Gael (Sérgio Guizé), que revelará à Clara (Bianca Bin) e Lívia (Grazi Massafera) sobre a índole de sua mãe: “Os guardas fecharam os olhos. O diretor do presídio veio aqui receber a outra parte do serviço. Cinquenta por cento antes, e os outros cinquenta depois”.