Johnny (Bruno Montaleone) em O Outro Lado do Paraíso
Johnny (Bruno Montaleone) em O Outro Lado do Paraíso (Divulgação/ TV Globo)
Depois de explorar Mariano (Juliano Cazarré) a vida inteira, Johnny (Bruno Montaleone) se aproveitará da paixão de Maíra (Juliane Araújo) para se dar bem em O Outro Lado do Paraíso.
O bon vivant vai conhecer Eloá (atriz não divulgada), filha de Miro (Gustavo Trestini), que estará acompanhando o pai em viagem à Pedra Santa. Mas como previu Caetana (Laura Cardoso), o rapaz continuará pedindo presentes à garota de programa para impressionar a nova pretendente.
Johnny vai tomar uma cerveja na mercearia quando  percebe a moça de boa aparência. Ele  se aproxima de Eloá. “Dá licença. A gente não se conhece. Cê não deve ser da cidade”, diz. “Não. Só to de passagem. Meu pai é fazendeiro.Negocia soja”, explica.
O playboy fica logo interessado. “Soja é um negócio muito bom. Tá gostando daqui?”, pergunta. “Meio parada essa cidade. Mas onde eu moro é pior. Na fazenda é uma calmaria só. Por isso quis viajar com meu pai”, explica.
O irmão de Mariano vai continuar o bate papo e começará a dar em cima na filha do fazendeiro. Ele se oferece para levá-la até o hotel e dá o número de celular para a moça. “Manda mensagem quando voltar”, pede. “Certo”, concorda Eloá.
“Não sei por que, mas to sentido com tua partida. Cê mexeu comigo. Desculpa falar assim, é a primeira vez que a gente se vê”, diz. “Cê também mexeu comigo”, confessa Eloá. “Queria pedir um beijo. Mas cê vai achar que é desrespeito”, diz Johnny, que ganha um beijo da nova paquera.
Veja também
No bordel, Maíra perceberá que alguma coisa aconteceu. “Cê tava diferente ontem, sei lá, com o olhar vazio”, questiona. “Ah, tava pensando na vida de antes, quando a mãe vivia. Na minha cidade. Eu tinha um terno. Cresci e depois não serviu mais. Queria tanto um novo”, lamenta.
“Terno nem tem uso nesse calor”, estranha a garota. “Um bom terno sempre tem uso. Em casamento”, disfarça. “Só se for pro nosso”, dia Maíra, cheia de ilusão. “Não dá pra casar enquanto cê continuar nessa vida.Como marido eu não ia permitir”, avisa Johnny. “Agora que te conheci, Johnny, eu largava essa vida”, avisa.
Cheio de segundas intenções, Johnny alimenta o sonho de Maíra. “Ainda vou arrumar um emprego que dê dinheiro pra sustentar minha mulher. Seja boazinha. Compra um terno pra mim. Tenho tanta vontade!”, pede.
“Fazendo essa cara, não posso negar. Vamos hoje pra Palmas e cê volta com o terno. Vai ficar lindo”, concorda. “Gravata também”, pede o rapaz.
Quando diz a Caetana que vai a Palmas comprar um terno para o namorado, a velha estranha. “Pra que esse home precisa de um terno?”, pergunta.
“Maíra, tá fazendo todas vontades desse moleque”, alerta Caetana. “Bora, Maíra. Se ela não fosse tão velha, ia ter briga”, reclama o bon vivant, querendo sair do bordel o mais rápido possível.
O Outro Lado do Paraíso vai ao ar diariamente, depois do Jornal Nacional.