Justiça: Rose pode ser mandante do estupro de Débora

Justiça: Rose pode ser mandante do estupro de Débora
Rose (Jéssica Ellen) e Débora (Luisa Arraes)

A minissérie Justiça está fazendo muito sucesso e levando os telespectadores a criarem várias teorias sobre o desfecho das quatro histórias da produção. A mais nova é que Rose (Jéssica Ellen) pode ser mandante do estupro de Débora (Luisa Arraes).

Na página do Gshow nas redes sociais, muitos internautas acreditam que a ex-presidiária contratou o estuprador para se vingar da amiga, que fugiu quando ela foi presa, acusada de tráfico de drogas.

De fato, analisando bem, a teoria faz um certo sentido. Logo que saiu da prisão, Rose foi logo procurar Débora, sem mostrar nenhum traço de rancor. Por mais que ela tivesse perdoado a moça, foi algo ‘fácil demais’ – e muita gente percebeu isso.


Além disso, Marcelo (Igor Angelkorte), o marido de Débora, sempre desconfiou da ex-presidiária e até se separou da professora, porque não concorda que ela se vingue do criminoso.

Essa poderia ser a forma de Rose buscar ‘justiça’ pelo fato de ter sido detida apenas por preconceito, enquanto a amiga branca foi liberada sem questionamentos e, pior que isso, não a apoiou.

Em uma entrevista recente, a própria atriz Jéssica Ellen revelou que não concorda com a conduta de Rose em perdoar Débora.

“Eu nunca mais falaria nem com a Débora e nem com o Celso (Vladimir Brichta). Eles viram tudo, viram que ela estava sendo vítima de preconceito, viram que ela seria presa e todo aquele sofrimento e não fizeram nada. Entendo que a Rose está querendo refazer sua vida e acho ela uma alma muito abençoada por perdoar, mas eu não faria isso. Eu não perdoaria a amiga como a Rose fez'”, contou ao EGO.

E aí, o que você acha dessa teoria? Comente!