Confira o que acontece em Carrossel de 08 a 12 de junho

Carrossel

Resumo dos Capítulos 61 a 65 de Carrossel, que serão exibidos de 08 a 12 de junho pelo SBT.

Capítulo 61, segunda-feira, 8 de junho

Helena pergunta a Olívia se ela tem provas contra Valéria. Olívia afirma que Valéria está sempre metida em confusões. Bibi, Laura e Marcelina vão testemunhar a favor de Valéria. As meninas contam que Valéria estava procurando o brinco que havia perdido no pátio. Cirilo pergunta a Helena como foi a conversa com seu pai. Helena afirma ao garoto que já foi tudo resolvido. José comenta com Paulo que Cirilo é um garoto muito ingênuo. Paula pergunta quem fez a brincadeira com Cirilo. José afirma que Paulo e Mário, mas os dois já foram punidos. Cirilo pede para Helena perdoar Paulo e Mário. Helena chama os garotos para uma conversa e afirma que Cirilo pediu que ela os perdoasse. Helena afirma a Paulo e Mário que não vai mais permitir que os dois prejudiquem a autoestima de Cirilo. Carmen está triste e revela a Firmino que seu pai vai trabalhar em outra cidade. Suzana afirma a Olívia que foi Valéria quem planejou o incidente no pátio. Olívia afirma a Suzana que se ela não pegar Valéria em flagrante não poderá fazer nada. Inês comenta com Frederico que Carmen ficou arrasada ao saber que o pai vai para outra cidade. Frederico conta que partirá no dia seguinte. Carmen comenta com Helena que não conseguiu terminar o exercício. Helena diz a garota que não gosta de vê-la triste. Carmen conta à professora que seu pai vai ser mandado para outra cidade. Carmen pede para Helena ajudar seu pai. A pedido de Helena, Mário e Paulo ajudam Graça na cantina. Paulo e Mário chegam à sala de toca e todos começam a rir. Suzana conta a Matilde que conversou com Olívia, que disse que tem que pegar Valéria em flagrante. Laura e Alícia decidem montar uma barraca de limonada na praça para ajudar Carmen, que agradece às amigas pela iniciativa. Preocupada, Helena conta à mãe que o pai de Carmen vai morar em outra cidade por conta do trabalho. Helena pensa na possibilidade de Sr. Morales ajudar o pai de Carmen. Laura, Alícia e Carmen começam a vender limonada na barraca. Carmen chega em casa com parte do dinheiro da limonada que vendeu. Helena comenta com Cris que Sr. Morales tem muitos contatos, pode ajudar Frederico. Cris diz à filha que ela não pode resolver o problema de todos. Alícia começa a vender limonada pelo bairro de skate. Helena decide ir ao escritório de Sr. Morales para pedir ajuda. Com a venda da limonada, as crianças conseguem juntar R$ 27 reais para ajudar o pai de Carmen. Helena chega à empresa de Sr. Morales. Os alunos vão a reunião na casa abandonada para discutir sobre a situação de Carmen. A secretária de Sr. Morales afirma a Helena que o executivo não está recebendo ninguém. Valéria desafia Paulo a andar de sapato de salto alto. Os meninos desafiam as meninas a fazerem embaixadinha. Helena pede para a secretária de Sr. Morales dizer que ela é a professora da Escola Mundial. Alícia faz as embaixadinhas com salto alto e os meninos ficam boquiabertos.


Capítulo 62, terça-feira, 9 de junho

Sem falar com o Sr. Morales, a secretária diz a Helena que ele não pode atendê-la. Carmen comenta com Inês que algo diz a ela que seu pai não vai embora. Sr. Morales chama a atenção da secretária por ela não ter avisado que Helena queria conversar com ele. Marcelina, Laura e Alícia vão à casa de Maria Joaquina e propõem à patricinha que elas organizem um bazar para ajudar o pai de Carmen. Maria Joaquina aceita a proposta e até decide doar as roupas que não usa mais. Sr. Morales vai à Escola Mundial e pede o endereço de Helena a Firmino. Laura prova uma jaqueta de Maria Joaquina e depois não consegue tirá-la. As meninas se juntam para ajudar Laura. Maria Joaquina, Laura, Alícia e Marcelina decidem fazer um desfile no quarto da patricinha para a escolha das peças para o bazar. Sr. Morales chega à casa de Helena. Inês arruma as malas de Frederico. Morales pede desculpas a Helena pela incompetência de sua secretária. Carmen afirma ao pai que está com o pressentimento de que ele não vai embora. Helena explica a Morales a situação de Carmen, o benfeitor se compadece e decide ajudar a família da menina. Helena vai à casa de Carmen e pede para Frederico acompanhá-la, pois um bom amigo poderá ajudá-lo. Helena chega com Frederico à empresa de Morales. O empresário dá trabalho a Frederico em uma de suas indústrias como Chefe de Almoxarifado. O benfeitor dá um adiantamento a Frederico e também um trabalho de meio período a Inês. Morales afirma a Helena que vai demitir sua secretária e a convida para ocupar o cargo. Helena agradece Morales, mas diz que tem muito amor aos alunos e não pode deixá-los. Frederico vai ao mercado e faz compras para casa com o adiantamento que recebeu de Morales. Maria Joaquina conta ao pai que está organizando um bazar com suas roupas para ajudar Carmen. Frederico chega com as compras em casa, conta a oportunidade que recebeu de Sr. Morales. Inês e Carmen ficam radiantes. Em conversa com a professora, Sr. Morales revela a Helena que perdeu a mulher e o filho num acidente de carro. Morales afirma a Helena que gostaria de ser padrinho do filho dela e a faz prometer. Frederico conta a Inês que Sr. Morales arrumou um trabalho de meio período para ela. Natália deixa a carne descongelando e Rabito come. Maria Joaquina chega à escola com as roupas para fazer o bazar. Olívia revela a Helena que os alunos dela tiveram um crescimento do bimestre passado para o vigente. Helena comemora. As meninas organizam o bazar na sala de aula. Paulo e Mário planejam acabar com o bazar contando à professora. Helena chega à sala de aula e afirma às meninas que elas não podem fazer um bazar sem a sua autorização. Helena revela às meninas que Sr. Morales conseguiu um novo emprego para o pai de Carmen.

Capítulo 63, quarta-feira, 10 de junho

Carmen comenta com as amigas que o Sr. Morales deu trabalho a seu pai. As meninas falam sobre o nervosismo de Helena durante a aula. Suzana se passa por amiga das meninas e promete conversar com Helena. Suzana chega à sala de Helena e os alunos correm para abraçá-la. Helena fica desconcertada. Suzana afirma a Helena que ficou sabendo que ela estava muito nervosa. Helena fica decepcionada com seus alunos, que pedem desculpas a Helena por ter falado sobre o nervosismo dela a Suzana. Helena passa redação aos alunos com o tema “minha profissão predileta”. Na sala, os alunos começam a discutir sobre as profissões. Olívia flagra Graça sentada em sua mesa e fica furiosa. Graça comenta com Firmino que está endividada. Durante o recreio, Bibi afirma às colegas que quer ser uma atriz de Hollywood. Davi diz aos amigos que adoraria ser arquiteto, mas Valéria quer que ele seja engenheiro. Paulo envenena Jaime ao dizer que Maria Joaquina disse que o pai dela é superior ao dele. Não bastasse, ele afirma que Maria Joaquina disse que o pai dela é superior porque é médico e o de Jaime, um simples mecânico. Paulo provoca Jaime ao dizer que se ele não tirar satisfações com Maria Joaquina, vai ficar como o bobão da escola. Cínico, Paulo vai à sala de aula e conta a Helena que Jaime e Maria Joaquina estão prestes a partir para a briga no recreio. Jaime vai até Maria Joaquina e segura o braço da menina. Os dois começam a discutir. Maria Joaquina grita com Jaime e afirma que a profissão de mecânico é nojenta. Petulante, Maria Joaquina diz que seu pai é um grande médico enquanto o pai de Jaime só sabe apertar parafusos. Jaime empurra Maria Joaquina. A confusão se instaura e Helena chega para intervir. Valéria e Davi seguram Cirilo, que quer defender Maria Joaquina. Jaime chama Maria Joaquina de patricinha metida. A menina começa a chorar. Olívia comenta com Graça que ela receberá aumento, mas tem que tirar uma carteira de trabalho urgente, pois a dela está cheia. Helena coloca Maria Joaquina de castigo, pois não quer que ela tenha esse tipo de atitude com os colegas. Helena pede para Jaime ler sua redação, pois foi uma das melhores da sala. Após a leitura, Jaime é aplaudido pelos colegas. Firmino flagra Suzana falando que Graça tinha que ser mandada embora. Ele pergunta por que a professora tem raiva de Graça. Firmino empresta seu fusca a Graça para ela tirar outra carteira de trabalho. O carro quebra na rua e Graça pede ajuda aos motoristas e pedestres. Graça telefona para Rafael e pede ajuda. Um policial chega até Graça e pede o documento do carro e a carteira de habilitação, que está vencida. Rafael chega para ajudar Graça. Helena conta de uma forma divertida como as cavernas se formam, fala sobre os animais que vivem nelas. Suzana espia a aula de Helena. Irônica, ela diz que Helena é uma princesinha muito criativa. Firmino flagra Suzana espiando Helena.

Capítulo 64, quinta-feira, 11 de junho

Suzana inventa uma desculpa a Firmino. Adriano pede para Helena contar um história de terror sobre as cavernas. Rafael diz a Graça que ela terá que pagar uma multa e o carro de Firmino vai para o pátio. Graça diz que prefere ser presa. Firmino conta a Olívia que emprestou o seu carro a Graça. Mário comenta com os amigos que seu aniversário é no dia seguinte, mas ninguém se lembra da data, ele não ganha presentes. Jaime convida Mário para brincar na casa abandonada no dia de seu aniversário. Mário conta a Jaime que seu pai e sua madrasta nunca lembraram do seu aniversário. Graça chega à escola e conta a Firmino que o carro dele foi apreendido. Firmino diz a Graça que o fusca velho só lhe dava trabalho, foi bom ter sido levado pela polícia. Mário chega em casa e discute com sua madrasta, Natália. Ela manda o garoto esquentar a própria comida, pois está sem tempo. Jaime telefona para Daniel e convoca uma reunião na casa abandonada com os alunos, menos Mário. Os garotos chegam à casa abandonada. Jaime propõe que eles se juntem para fazer uma festa surpresa para Mário. Os garotos vão até a casa de Paulo para fazer o bolo. Marcelina chega à cozinha e fica perplexa com a bagunça que os meninos estão fazendo. Os meninos pedem ajuda a ela. A menina delega funções para cada menino. Frederico experimenta a roupa que comprou para trabalhar. Inês e Carmen fazem elogios. Com Marcelina no comando, os garotos fazem um belo bolo a Mário. Natália discute com Germano, pois ele vai viajar a trabalho. Em seu quarto, Mário conversa com Rabito, diz ao cachorro que ninguém se lembrará do seu aniversário, como sempre. O garoto lamenta a morte da mãe. No café da manhã, Mário pergunta a Natália se não tem algo diferente para o café. A madrasta comenta que Germano foi viajar. Mário revela a Natália que é seu aniversário. Fria, Natália diz que em casa de pobre não se tem dinheiro e tempo para comemoração. Na casa abandonada, Jaime dá os parabéns a Mário. Os garotos fazem uma surpresa, entram com o bolo e cantam parabéns a Mário, que fica emocionado. Helena vai até a oficina mecânica de Rafael e pede a ajuda dele para comprar um outro carro. Helena comenta com Rafael que foi uma atitude nobre ter ajudado Graça e fala do presente que ela mandou por meio de Jaime. Na casa abandonada, Jaime entrega o presente que Graça mandou a seu pai para Mário. Helena conta a Rafael que Jaime ficou de lhe entregar o presente. Mário adora o presente que ganha de Jaime, é uma miniatura de carro. Rafael afirma que está com um pressentimento ruim. Germano chega em casa, Mário conta que é seu aniversário. Germano fica desconcertado. Mário conta ao pai que Jaime organizou uma festa surpresa para ele. Germano inventa uma desculpa por ter esquecido o aniversário do filho. Em discussão com Natália, Germano afirma que Mário recebe na rua o que deveria receber em casa: carinho. Rafael pergunta a Jaime onde está o presente que Graça lhe mandou. Jaime tenta desconversar, mas revela que deu o presente a Mário, porque os pais do colega nunca se lembram do aniversário dele. Jaime comenta com Rafael que depois da morte da mãe de Mário o aniversário dele sempre é esquecido.

Capítulo 65, sexta-feira, 12 de junho

Germano entra no quarto de Mário, que está olhando a fotografia da mãe. Mário pergunta ao pai por que sua mãe teve que morrer. Germano afirma ao filho que vai levá-lo para comemorar seu aniversário. Adriano está em seu quarto e começa a conversar com Chulé. Adriano diz a Chulé que ele não entende de futebol. Cadeirudo pergunta a Adriano se ele tem vontade de ser jogador de futebol. Roberto e Lilian, pais de Paulo e Marcelina, discutem. Lilian afirma a Roberto que não precisava ter batido em Paulo por conta da bagunça que o garoto fez. Paulo está chorando em seu quarto, Marcelina tenta consolar o irmão. Valéria comenta com Rosa, sua mãe, que ela e as meninas estavam conversando sobre os meninos da escola. Valéria afirma que o coração de uma garota não tem idade para se apaixonar. Kokimoto vai à casa de Paulo, que conta que não pode sair, está de castigo. Rafael e Jaime vão a uma cantina jantar. Koki conta a Cirilo, Davi e Adriano que Paulo está de castigo. Rafael e Jaime encontram Germano e Mário na cantina. Os quatro decidem sentar na mesma mesa para jantar. Os garotos vão à casa de Jaime. Eloisa conta aos menino que Jaime foi jantar com o pai e não vai treinar futebol. Germano e Mário voltam felizes para casa após o jantar de comemoração do aniversário do garoto. Enfurecida por não ter sido convidada, Natália reclama com Germano, que a deixa falando sozinha. Ainda de castigo, Paulo fica sabendo através de Marcelina que haverá uma partida de futebol contra os meninos da rua de cima na manhã seguinte. Inconformado com o castigo, Paulo resmunga que precisa se livrar da punição para jogar. Cirilo liga para Jaime e conta que Paulo poderá desfalcar a equipe no dia da partida. Paulo tenta convencer sua mãe a tirá-lo do castigo. Lilian abre exceção com a condição de que Paulo não conte nada para o pai. Na manhã seguinte, o ‘Clube dos Cuecas’ se reúne para o grande jogo contra os meninos da rua de cima. Valéria recebe uma mensagem de texto de Davi comunicando sobre a partida. Apaixonada, Valéria reúne todas as meninas para fazer uma surpresa. As meninas ensaiam uma coreografia e gritos de guerra para atuarem como líderes de torcida. Os meninos ficam envergonhados ao se depararem com elas no campo de futebol. O placar do jogo está empatado e Mário se machuca. Valéria sugere que Alícia entre em seu lugar para dar sequência ao final da partida. Os garotos aceitam e nos minutos finais do jogo, Alícia faz o gol da vitória para o ‘Clube dos Cuecas’. Mais tarde, na Escola Mundial, Paulo sugere para Valéria organizar um concurso para escolher quem é a menina mais baixa da turma. Valéria organiza o evento no pátio. Marcelina passa pelo local e Valéria exige que ela participe do concurso. Marcelina se recusa e as duas brigam. Os colegas de turma tentam apartar a briga até que as professoras Helena e Suzana aparecem.