Susana González como Cíntia em A Que Não Podia Amar (Reprodução / YouTube)
Susana González como Cíntia em A Que Não Podia Amar (Reprodução / YouTube)

Esta reta final de A Que Não Podia Amar tem beneficiado não só a audiência da própria novela, mas de toda a grade vespertina do SBT. Na última quarta-feira (6), o folhetim estrelado por Ana Brenda Contreras bateu seu próprio recorde de sintonia e acabou impulsionando também as demais tramas da faixa.

De acordo com dados consolidados do Ibope, a saga de Ana Paula (Contreras) anotou ontem média de 8,8 pontos na Grande São Paulo – o melhor desempenho de toda sua exibição. Entre os destaques do capítulo, esteve a separação de Cíntia (Susana González) e Gustavo (José Ron) e a encomenda da morte de Miguel (Osvaldo Benavides) pela vilã.

Pegando carona no sucesso da trama antecedente, a reprise de Abismo de Paixão também registrou recorde ontem, chegando a 7,5 pontos. O mesmo vale para a recém-estreada reapresentação de Meu Coração é Teu, que anotou, em seu terceiro capítulo, média de 7,1 – contra 6,8 do segundo episódio e 6,2 da (re)estreia.

Últimos vídeos do Canal no YouTube