Jorge Salinas vive Rogério Monteiro na novela A Que Não Podia Amar (Divulgação / Televisa)
Jorge Salinas vive Rogério Monteiro na novela A Que Não Podia Amar (Divulgação / Televisa)

Enquanto a audiência de Cúmplices de um Resgate anda em queda livre na faixa noturna, com a vespertina A Que Não Podia Amar a situação é bem outra dentro do SBT. O folhetim produzido em 2011 pela Televisa encerrou a semana passada com ótima performance no Ibope.

A complicada história de amor entre a enfermeira Ana Paula (Ana Brenda Contreras) e o cadeirante Rogério (Jorge Salinas) anotou média de 7,4 pontos entre os dias 27 e 31 de maio. Trata-se do melhor desempenho semanal da atração desde que estreou nas tardes de Silvio Santos, há apenas dois meses.

Até agora, A Que Não Podia Amar acumula média parcial de 6,9 pontos. A reprise de Teresa, sua antecessora direta na faixa, ostentava apenas 5,7 com as mesmas oito semanas de exibição. Isso significa que o folhetim atual já elevou em 21% a audiência do folhetim anterior.

Também transmitida à tarde pelo SBT, a reprise de A Dona igualmente se saiu bem, encerrando a semana com 7 pontos de média. Já as noturnas As Aventuras de Poliana e Cúmplices de um Resgate anotaram respectivamente 11,2 e 9,5 em igual período.

Últimos vídeos do Canal no YouTube