Cauã Reymond e Bianca Bin são os protagonistas de Cordel Encantado (Divulgação / Globo)
Cauã Reymond e Bianca Bin são os protagonistas de Cordel Encantado (Divulgação / Globo)

Boa parte das novelas inéditas da Globo sofre para emplacar no Ibope. Mas a reprise de Cordel Encantado vai de vento em popa nesse quesito. Na semana passada, a saga de Açucena (Bianca Bin) e Jesuíno (Cauã Reymond) atingiu números há tempos não vistos no Vale a Pena Ver de Novo.

Produzida originalmente em 2011, a trama acumulou média de 17,5 pontos entre os últimos dias 8 e 12 de abril. Trata-se não apenas de seu melhor desempenho semanal desde a reestreia. Mas também dos mais altos índices da faixa vespertina de novelas globais desde o período entre 4 e 8 de dezembro de 2017. Foi quando a última semana de Senhora do Destino anotou excelentes 20,7 pontos.

Foi também nesse citado período que Cordel Encantado marcou seu maior resultado por capítulo na atual exibição. Foram 20,8 pontos, anotados na segunda-feira (8). O recorde diário anterior do folhetim criado por Duca Rachid e Thelma Guedes era de 18,8 pontos, logrado no episódio do dia 28 de março.

Outra que se saiu muito bem na última semana foi Verão 90. Também na segunda passada, a saga de João Guerreiro (Rafael Vitti) bateu novo recorde: 29,5 pontos. Com isso, igualou o próprio recorde semanal, de 26,4 pontos, já atingidos no intervalo de 25 a 30 de março.

Últimos vídeos do Canal no YouTube