Novela Carrossel, do SBT (Divulgação/SBT)
Novela Carrossel, do SBT (Divulgação/SBT)

A tentativa do SBT de voltar a apostar em reprises de novelas nacionais no período da tarde, em termos de audiência, já pode ser considerada um rotundo fracasso. Finalizada na última sexta-feira (8), a quarta exibição de Carrossel saiu do ar amargando a pior média de um folhetim vespertino da emissora em cinco anos.

A história infantil protagonizada por Rosanne Mulholland obteve nesta entrega apenas 6,3 pontos de média geral. O SBT não via índices tão baixos em um título dessa faixa desde 2014, quando a mexicana – e inédita – Meu Pecado concluiu sua exibição com irrisórios 4,7 pontos.

Leia mais: Estreia de A Rosa dos Milagres não altera audiência do SBT

Antecessora direta de Carrossel, a produção da Televisa Amanhã é Para Sempre obteve 7,3 de média – e mesmo assim foi considerada um fracasso. Todos os demais títulos mexicanos inéditos exibidos nesse mesmo espaço também superaram em audiência a saga de Cirilo (Jean Paulo Campos) e Maria Joaquina (Larissa Manoela). A saber: Um Caminho Para o Destino (6,9), O Que A Vida Me Roubou (6,7), A Gata (8,2), Meu Coração é Teu (7,8) e A Dona (7,2).

Além disso, Carrossel também ficou abaixo de outras tramas latinas inéditas exibidas recentemente pelo SBT em outras faixas, mas também na grade vespertina. Caso, por exemplo, de Lágrimas de Amor (6,7), Mar de Amor (7,5), Abismo de Paixão (8,5) e da primeira exibição de Teresa (7,4). Ficou, no entanto, à frente de Que Pobres Tão Ricos (5,8) e Querida Inimiga (5,8).

Últimos vídeos do Canal no YouTube