Audiência da TV

Último capítulo de Orgulho e Paixão registra menos que o desfecho das quatro tramas anteriores do horário

Nesta segunda-feira (24), foi ao ar o último capítulo de Orgulho e Paixão, trama das 18h de Marcos Bernstein. Por causa do período eleitoral, a produção teve uma mudança no horário que acabou afetando os números da reta final da história.

Leia: Orgulho e Paixão termina e internautas reagem emocionados

Segundo a prévia, o encerramento do enredo marcou 23 pontos, tendo 36% de share (televisores ligados), informou O Fuxico. Em comparação com as novelas anteriores da faixa, o folhetim não conquistou um bom desempenho.

Saiba mais: Maurício Destri se sente realizado com Orgulho e Paixão: “Foi uma aventura linda”

A atração não conseguiu superar os números do fim de Tempo de Amar (25 pontos), Novo Mundo (29), Sol Nascente (27) e Êta Mundo Bom (30). Em compensação, foi maior que Além do Tempo (21) e Sete Vidas (19).

Juliano Laham revela estar perdendo seguidores na web por causa do Luccino de Orgulho e Paixão: “Estou supertranquilo”

A saber, no ar como o Luccino de Orgulho e Paixão, Juliano Laham revelou que desde que o mecânico revelou que é homossexual para algumas pessoas e percebeu que está apaixonado pelo Capitão Otávio (Pedro Henrique Müller), aconteceu uma diminuição no número de seus seguidores na web.

“Tenho perdido muitos seguidores depois que o personagem começou a contar essa história e estou supertranquilo. Acho que essas pessoas que não têm amor ao próximo, não conseguem enxergar o amor entre duas pessoas do mesmo sexo”, avaliou, contudo, o astro ao UOL.

“Para mim não acrescentam em nada. Quero pessoas que apoiam. No Twitter, por exemplo, as pessoas ficam doidas com esses personagens”, concluiu surpreendentemente o famoso.