Gabriela ( Camila Morgado ) e Rafael ( Carmo Dalla Vecchia ) em Malhação: Vidas Brasileiras
Gabriela ( Camila Morgado) e Rafael (Carmo Dalla Vecchia ) em Malhação: Vidas Brasileiras (Divulgação)

Iniciando sua trajetória na última quarta-feira (7), a novelinha Malhação: Vidas Brasileiras teve um início inferior a sua antecessora, a elogiada por público e crítica Malhação: Viva a Diferença.

Em seus três primeiros capítulos exibidos na sua primeira semana, o folhetim protagonizado por Camlia Morgado e Carmo Dalla Vecchia fechou com 17,3 pontos de audiência.

Veja mais: Assim como Viva a Diferença, ator garante que Malhação: Vidas Brasileiras terá casal LGBT

O dado é bom para o horário e está na meta estabelecida pela Globo para a faixa em que Malhação vai ao ar. Porém, chama a atenção que, em relação a sua antecessora, a novela esteja ainda abaixo.

Em seus três primeiros capítulos, Viva a Diferença obteve incríveis 19,6 pontos de audiência na Grande São Paulo, tendo o melhor início de trajetória desde 2010 nos números.

Ou seja, entre uma trama e outra, ocorreu uma queda de 11,7%. Ou seja, um em cada dez telespectadores na principal região metropolitana que viram Viva a Diferença não deram uma chance ainda para Vidas Brasileiras.

Logico que é cedo para determinar um sucesso ou um fracasso, mas na última sexta-feira (9), Vidas Brasileiras marcou 15 pontos de média, algo que Viva a Diferença só atingiu no Natal, no dia 25 de dezembro, o que assusta um pouco.

Os números refletem a preferência de um seleto grupo de telespectadores na Grande São Paulo. Malhação: Vidas Brasileiras vai ao ar diariamente, depois da reprise de Celebridade, na Globo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui