No primeiro semestre, audiência da Record TV cresce até 35% em 11 praças; Salvador, Vitória e Goiânia registram maiores aumentos

Record cogita produzir jornalístico nacional no Rio de Janeiro
Record TV (Divulgação)

A audiência da Record TV cresceu em 11 praças no primeiro semestre deste ano, em comparação ao mesmo período de 2016, garantindo a vice-liderança, conforme revela levantamento obtido pelo Observatório da Televisão.

Os maiores aumentos, de 15% a 35%, foram registados em Salvador (35%), Vitória (33%), Goiânia (30%), Distrito Federal (25%), Belo Horizonte (20%) Recife (20%), Curitiba (18%) e Campinas (15%). Outras praças também tiveram variação positiva: Belém (8%), Rio de Janeiro (4%) e Porto Alegre (2%).

Em Salvador, a emissora registrou média de 9,6 pontos, 35% a mais que no ano passado, e share de 27%.

Record vende novela para o exterior antes mesmo da estreia

Vitória teve alta de 33% na audiência, com média de 7,3 pontos e share de 17%.

Em Goiânia, a média subiu 30% e chegou a 8,3 pontos. O share foi de 26%.

No Distrito Federal, houve crescimento de 25%, com média de 7,2 pontos e share de 22% no primeiro semestre deste ano.

Belo Horizonte marcou 7,7 pontos de média e share de 26%, com aumento de 20% na audiência.

Recite também cresceu 20%, com média de 7,6 pontos e share de 21%.

Curitiba conquistou média de 6 pontos e share de 20%, audiência 18% maior que no período de janeiro a junho de 2016.

Em Campinas, a Record TV registrou 5,8 pontos de média e 13% de share. O resultado revela um crescimento de 15%.

Em Belém, a emissora registrou média de 10,7 pontos e 22% de share, 8% a mais que no ano passado.

No Rio de Janeiro, a variação foi de 4%. A média deste alcançou 7,1 pontos e o share atingiu 21%.

Porto Alegre, com média de 4,4 pontos e share de 14%, teve 2% de aumento.