MasterChef deixa Band em primeiro lugar no Ibope

MasterChef Audiência

A exibição do décimo episódio do MasterChef, na noite desta terça-feira (21), deixou a Band em primeiro lugar no Ibope por 4 minutos. O reality registrou média de 7,2 pontos de audiência, pico de 8,5 e share de 14,4%, resultado que garantiu à emissora a vice-liderança no horário.

O programa continua liderando os comentários no Twitter. Durante o episódio de ontem, foram computadas mais de 368 mil menções ao MasterChef na rede social.

A atração da Band lidera há nove semanas consecutivas o Ibope Twitter TV Ratings, levantamento que mensura a repercussão do conteúdo televisivo no ambiente digital. De acordo com o ranking divulgado pelo Ibope, o MasterChef permanece em primeiro lugar na semana de 13 a 19 de julho.


Foram registradas nesse período mais de 19 milhões de impressões (quantidade de vezes em que os tweets relacionados a um programa foram visualizados durante sua exibição), mais do que o dobro alcançado pelo segundo colocado.

O décimo episódio

Na quarta prova em equipe da temporada, os competidores encararam o desafio de cozinhar comida de rua em food trucks estacionados no Parque da Independência, em São Paulo. Divididos em três grupos, o menu de cada food truck foi um clássico internacional: cheese salada com chips de batata ao alecrim (equipe azul, liderada por Fernando), burritos de frango com guacamole e sour cream (equipe amarela, liderada por Izabel) e fish and chips acompanhado de molho tártaro e molho de alcaparras (equipe vermelha, liderada por Sabrina). O time amarelo obteve mais votos do que os concorrentes e foi sagrado o vencedor, deixando a capitã Izabel, Jiang e Raul fora da prova de eliminação. Os vencedores tiveram ainda a possibilidade de salvar um candidato de cada equipe adversária na disputa e optaram pelos líderes Fernando e Sabrina.

De volta à cozinha do MasterChef, Aritana, Carla, Cristiano, Lucas e Marcos enfrentaram a prova do salmão. Cada um recebeu um peixe inteiro que foi cortado e separado em postas. Os jurados conferiram quantas postas corretas cada participante conseguiu tirar e o número de peças corretas correspondeu ao número de ingredientes que cada cozinheiro pôde pegar no mercado para preparar o salmão. O prato preparado por Lucas – salmão e aspargos na massa filo com purê de aspargos – foi eleito o melhor pelos chefs. Já as receitas de Aritana e Carla foram consideradas as piores. Mas o salmão grelhado com calda de laranja e vinho acompanhado de couve de bruxelas preparado por Carla foi o que menos agradou os jurados e ela acabou deixando a competição.

“Chegou minha hora de ir embora, uma pena, eu poderia ter feito muito mais”, lamentou Carla em entrevista ao Portal da Band. A terapeuta comportamental revelou que acredita que pagou o preço por ter ousado na sua receita do acompanhamento do salmão. “Com certeza, eu mudaria a receita do meu acompanhamento. Quis fazer alguma coisa inovadora e arrisquei. Não conhecia a resposta da couve de bruxelas, ficou doce demais e os jurados não gostaram. Então, isso é a única coisa que eu faria diferente”, explicou.

Apesar da tristeza pela eliminação, a cozinheira afirmou que a troca de informações entre os participantes e os jurados foi muito rica durante o programa: “Subi muitos degraus no que fazia em gastronomia. Hoje me sinto mais segura em fazer coisas diferentes e em arriscar”. De fora da disputa pelo título de MasterChef Brasil, Carla revelou que sua torcida vai para Lucas. “Ele é um garoto que tem um futuro gigante. Eu acredito na cozinha dele, tem tudo para ser um grande chef. Ele precisa aprender algumas coisas, mas tem um grande talento”, elogiou.

A eliminação fez com que a terapeuta adiasse os seus planos de aposentadoria e de abrir um restaurante próprio. “O meu projeto da maturidade é ter um restaurante na praia. Se eu ganhasse, eu conseguiria trazer mais perto para esse sonho. Agora, eu vou continuar com a minha carreira, adoro a minha empresa. Vou usar a experiência do Masterchef em tudo que faço. Vou levar uma bagagem muito grande”, afirmou.