Ibope erra e correção favorece a Globo


ibope_

Depois de registrar uma das piores médias de audiência para o Jornal Nacional e a novela das 21h, Babilônia, o Ibope veio a público informar que houve um erro na medição da audiência do horário nobre na segunda-feira (23).

Em nota divulgada o Ibope assume a falha técnica. “Em linha com o compromisso com a qualidade de seus dados e com a transparência com o mercado, o IBOPE Media esclarece que identificou uma instabilidade nos servidores de processamento que impactou os dados preliminares de audiência de TV (Real Time), da praça Grande São Paulo, a partir das 18h de segunda-feira (23). Reforçamos que todas as providências cabíveis já foram tomadas, a situação está normalizada e os dados consolidados foram entregues hoje, terça-feira (24), dentro dos padrões de qualidade da empresa.”


Na ocasião o Jornal Nacional havia marcado 20 pontos nos dados preliminares. Porém, no consolidado, divulgado na terça (24), com duas horas de atraso, o telejornal marcou 25,3. A novela Babilônia saltou de 23,3 na prévia para 28,7 no consolidado.

Diferenças entre a audiência real time e o consolidado são comuns, mas sempre na casa dos décimos, no máximo 1 ponto, mas dessa vez foram 5 pontos de diferença, 20% no caso do JN, algo bastante anormal.

As novelas Carrossel do SBT e Os Dez Mandamentos da Record também tiveram seus números reajustados para cima. Carrossel subiu de 9,3 para 11,8 e Os Dez Mandamentos de 9,7 para 12,1.

Erros como esse colocam em dúvida a credibilidade do Ibope, que já não é das melhores. Tanto que, nos próximos meses, com excessão da Globo, as demais emissoras de TV aberta passarão a contar com dados de audiência medidos pelo instituto alemão GfK que já está operando no Brasil.