Saiba quem são os artistas considerados o ”sonho de consumo” da produção de A Fazenda


A nova edição do reality show A Fazenda estreia nesta quarta-feira (23) e está cada vez mais difícil a produção da atração conseguir artistas considerados de “peso”. Já que muitos acabam rejeitando o convite, pelo baixo cachê e pela exposição exagerada. Uma fonte ligada a produção do programa revelou que  algumas celebridades são consideradas o “sonho de consumo” da produção do reality, ela foram convidadas diversas vezes, mas não aceitaram pelo mais diversos motivos.

Veja: Participantes de A Fazenda são confinados 48 horas antes da estreia do reality show

Saiba quem são os “sonhos de consumo” de A Fazenda:


Ronaldo Ésper:  O estilista ficou conhecido e se tornou popular no país ao fazer críticas das roupas de famosos no extinto Boa Noite Brasil de Gilberto Barros na Band, no início dos anos 2000, posterirmente migrou para a Rede TV!, apresentado o mesmo quadro no Super Pop de Luciana Gimenez. O estilista tem a língua afida, é figura constante em programas de televisão e não tem medo de falar o que pensa. È do tipo de artista que  renderia muito no confinamento da Record. Ronaldo Ésper, revelou em diversas entrevista s que foi convidado para todas edições do programa, mas não aceitou, pois  alega que não é permitodo levar no reality suas tinturas de cabelos e seus medicamentos. Por esses motivos nunca aceitou participar de A Fazenda.

Tati Quebra- Barraco: A funkeira é mais um ”sonho de consumo” da produção de A Fazenda, é considerada como uma das funkeiras mais polêmicas do Brasil. Não tem medo de falar o que pensa, é dona de uma personalidade forte. Já protagonizou inúmeras brigas em programas de televisão. A funkeira revelou em diversas entrevistas que foi convidada para todas edições do programa, mas nunca aceitou pelo fato do cachê ser baixo, alegou que fatura muito mais fazendo shows do que participando do reality show.

Renata Frisson: Conhecida como Mulher Melão, é a única Mulher Fruta sobrevivente na mídia, já que as demais desapareceram dos holofótes. Mulher Melão, é ousada em suas opiniões e atitudes, é do tipo de celebridade que renderia na atração da Record. Afirmou ter  sido  convidada para várias edições, porém nunca aceitou pelo mesmos motivos de outros artistas, o baixo cachê.

Gracyanne Barbosa: A atual mulher do Belo é uma das personalidades que a produção de A Fazenda sonha em ter, já foi convidada para edições anteriores e revelou em entrevistas que não aceitou o convite pelo valor do cachê, já que fatura muito mais fora do reality show, fazendo enventos ligados ao mundo fitness. Embora na edição em que Viviane Araújo participou foi oferecido um alto valor para  ter Gracyanne Barbosa no elenco, ou seja, queriam ter um embate entre as duas rivais, a atual de Belo e a ex, porém mesmo com o alto cachê Gracyanne Barbosa não aceitou.

Alexandre Frota: O bad boy foi um dos diretores do programa na 1ª edição, mas devido as divergências com os outros diretores do programa, acabou sendo demitido da atração. Depois de sua saída como diretor, Alexandre Frota foi convidado a participar,  porém não aceitou. O objetivo era ter o bad boy no elenco já que ele é dono de uma personalidade forte e não leva desaforos para casa.

Rafinha Bastos: O humorista é um dos sonhos da produção do reality show. Na época que estava fora da Band foi convidado. O humorista não perdeu a piada e divulgou o e-mail recebido da produção de A Fazendo e ainda ironizou o convite. Rafinha Bastos é do tipo que perde o amigo, mas não perde a piada.

Mara Maravilha: A ex- apresentadora infantil  sempre foi um alvo de A Fazenda, foi convidada para todas edições, chegou a assinar um pré- contrato em edições anteriores, mas no final a negociação não foi adiante. A cantora é polêmica,  tem opiniões fortes e sua presença no reality show, com certeza dará repercussão. De tanto tentar , Mara Maravilha  acabou aceitando estar na tração. Foi a primeira participante a assinar contrato para estar na edição de número 08 de A Fazenda.